Noite...



Noite escura sem estrelas,
Com seu manto cobre o universo,
Esconde mágoas e tristezas,
Oculta as lagrimas da face
Abafa tristes lamentos.


Cansada a humanidade está
Com tanta opressão...


Mas lá nos fundo dos corações,
Mora um esperança teimosa,
De que o amanhã seja melhor,
Que a nova noite a chegar
Seja clara e estrelada.


Cada pontinho brilhante do céu
Nem precisa se tornar cadente,
Para que cada um possa
Formular o seu pedido
Da tão sonhada liberdade,
Vivida num recanto de paz!

Marilena Basso