SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS



Pe. José Felippe Netto



Uma das mais belas devoções propagadas pela Igreja Católica é a dedicada ao Sagrado Coração de Jesus. Lembra-nos a misericórdia de Jesus para com todos os seres humanos. O Evangelho de João nos diz: “Um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água”.

Esse fato aparece no prefácio da missa da solenidade do Sagrado Coração de Jesus: “Elevado na cruz, entregou-se por nós em seu imenso amor; e de seu lado aberto fez jorrar, com a água e o sangue, os sacramentos da Igreja, para que todos os homens, atraídos ao seu Coração, viessem beber com perene alegria na fonte salvadora”.

Existe na Igreja Católica uma associação religiosa encarregada de divulgar essa devoção: o Apostolado da Oração. Acredito que todas as paróquias contam com a simpática presença dessa associação. O Manual do Apostolado da Oração traz, em suas páginas, muitas informações sobre essa associação religiosa:

Nasceu na França, numa casa de estudos da Companhia de Jesus (jesuítas), fundada pelo Pe. Francisco Xavier Gautrelet, SJ, com um grupo de jovens estudantes. Foi-se divulgando primeiramente em seu país de origem e hoje encontra-se no mundo todo. Em 1849 o Papa Pio IX concedeu-lhe as primeiras indulgências.

No Brasil, o primeiro centro do Apostolado da Oração foi fundado no dia 30,de junho de 1867, no Recife (PE), pelo Pe. Bento Schembri, SJ, que foi seu primeiro diretor. Foi um centro local e isolado. No dia 1 de outubro de 1871, o Pe. Bartolomeu Tadeei, SJ fundou o primeiro centro na cidade de Itu (SP), fundando logo outros centros em nível diocesano e nacional. Por esta razão é considerado o fundador e propagador no Brasil. Em 1 de junho de 1896 esse sacerdote lançou o primeiro número da revista “Mensageiro do Coração de Jesus” – publicada até hoje -, que traz em suas páginas artigos de espiritualidade, estudo, formação e informação.

Os membros do Apostolado da Oração rezam diariamente o Oferecimento, oferecendo as orações, obras, sofrimentos, alegrias de cada dia e pelas intenções recomendadas pelo papa. Em ocasiões especiais reza-se a Ladainha do Sagrado Coração de Jesus. Conhecemos também o hino, cujo refrão diz: “Coração Santo, Tu reinarás. Tu, nosso encanto sempre serás”. A solenidade do Sagrado Coração de Jesus é celebrada na segunda sexta-feira após a festa da Santíssima Trindade, quando celebra-se também a Jornada de Oração pela santificação do clero.