Mãe X Mãe -te amamos


Rayma Lima



Você nem percebeu que nós já estávamos com você,
nunca poderia imaginar que sua vida mudaria tanto!
Já tínhamos uma irmãzinha de oito meses e um irmão de três anos.
Chegamos de mansinho,
e em seu ser ficamos nove meses juntinhos com você.

De inicio você nem percebeu que Deus
nos enviou a vocês como família, porque teria que ser assim.


Sabemos que se assustou muito quando percebeu sua gravidez,
porém sua rotina não mudou, continuou trabalhando fora,
chegava em casa cansada e ainda tinha de cuidar de nossos irmãozinhos.
As vezes nem tinha tempo de conversar conosco.
Nosso enxoval nem estava pronto, aliás, iríamos usar o que já tinha,
porque não iria ter mais filhos.


Fomos crescendo, sabíamos que as vezes era difícil
até para você dormir.
Nós duas ali, já recebendo seu carinho e ouvindo
suas palavras carinhosas e dedicada a nós.

Mamãe, você passa o dia todo trabalhando fora,
fica muito tempo sentada que as vezes nosso corpinho dói,
mas sabemos que será por pouco tempo.


Cada dia sentimos mais alimentadas com o seu amor.
Mas você precisa saber que somos duas meninas,
não um menino, como fala e vive procurando
um bonito nome para ele.
Pena que não existe a ultra-sonografia...


Mãezinha, quando você vai parar de trabalhar?
É tão cansativo para nós ficar horas na mesma posição.
Agora já crescemos mais, e como damos chutes em sua barriga!

Finalmente mamãe, através de um Raio X,
hoje você descobriu que somos gêmeos univitelinos.
Você e o papai ficaram perplexos!
Nunca imaginaram que poderia acontecer isso com vocês.

Mamãe chorava, papai estava tão emocionado
que até queria carregá-la no colo.
Vocês estavam felizes, mas preocupados.
Será que estaríamos bem?
Será que éramos perfeitas?

Mamãe, não chore, não precisa ficar preocupada,
somos perfeitas e estamos querendo conhecer
o mundo em que viveremos.
Não se canse tanto em fazer novo enxoval,
você quase não escolhe a cor rosa.
Gostaríamos tanto que soubesse que somos duas mocinhas.

Finalmente chegou o nosso dia!
Quanta gente naquela sala esperando nossa chegada!
Nascemos fortes,
uma com três kg e outra com três e cem kg.
Também pudera você sempre preocupava com a nossa saúde.


Mamãe, como você ficou feliz quando nascemos,
principalmente quando viu que éramos meninas.
Chorou de emoção outra vez.
Você não teve irmã, só três irmãos
e agora tem três filhas e um filho. Estava escrito.
Quantas noites ficou sem dormir, ao nosso lado,
quando uma de nós adoecia.
Como sofria quando uma de nós era reprovada na escola...


Fomos crescendo, estudando,
já estamos terminando o curso superior,
continuamos recebendo carinho de você, do papai
e de nossos dois irmãos,
mas muitas vezes vivemos entre tapas e beijos.


Hoje já somos quase adultas.
E neste dia que é dedicado a você, queremos dizer
“OBRIGADA MAMÃE”,

Obridada por você existir,
por continuar nos dando amor, carinho e compreensão.
Você é muito importante em nossas vidas.
Queremos nos espelhar em seu exemplo de vida
para que sinta o quanto é amada para nós todos.

Aceite esta rosa como símbolo do nosso amor.
Parabéns pelo seu dia.


Suas filhas: Cristina e Cristiane.




08.05.2003

Respeite os Direitos Autorais


site da Autora
http://www.vida.amor.nom.br